Vêm aí 15,5 mil milhões em subvenções?

Comentário Ld: ainda não se sabe bem como (subvenções vs empréstimos) nem quando (todos os pormenores eram para ter sido aprovados em Junho…) mas uma coisa é certa. Vêm aí muitos fundos europeus para ajudar os países a ultrapassar esta crise. Algo muito diferente do que aconteceu na crise de 2008. A forma como os utilizarmos terá um impacto muito importante no sucesso da recuperação em Portugal

 

Caso a proposta da Comissão Europeia seja aprovada no Conselho Europeu, Portugal receberá 26,3 mil milhões de euros do fundo de recuperação europeu pós-pandemia.

A proposta da Comissão Europeia para o Fundo de Recuperação Europeu pós-pandemia prevê que Portugal venha a receber 26,3 mil milhões de euros, apurou o ECO.

Os 26,3 mil milhões de euros são divididos entre 15,5 mil milhões de euros a fundo perdido e 10,8 mil milhões de euros de empréstimos. Este valor corresponde a cerca de 13% do PIB português em 2019 e a cerca de 3,5% do valor total do fundo de 750 mil milhões de euros.

No documento sobre a pré alocação dos fundos, a Comissão Europeia refere que os 15,5 mil milhões de euros em subvenções incluem os valores do REACT EU, RRF, Just Transition Fund (Fundo da Transição Justa) e Rural Development.

Já os empréstimos são calculados com base no peso do RNB (rendimento nacional bruto) de Portugal no da União Europeia e relativamente à média europeia. Os países com um riqueza inferior à média europeia são dos mais beneficiados.

Fonte: Eco.pt, editado por Pedro Duarte

Portugal recebe 15,5 mil milhões em subvenções do Fundo de Recuperação

 

Share this post